footer social

Vira vira: Atores que mudaram de gênero para papeis

Oi genteee! Lembram daquele post de transformações mais radicais do cinema? Eu falei que ia ter parte dois, né? Então hoje eu trago a parte 2 mais ou menos :p! hahaha É que o post de hoje vai trazer exclusivamente transformações que envolvem mudança de gênero do ator/atriz para o papel. E é mais comum do que a gente imagina, sabia? Sem mais delongas, confere aqui embaixo:

EDDIE REDMAYNE


Não podia deixar de trazer a transformação mais falada ultimamente, né? O papel do Eddie na pele de Lili Elbe, a primeira pessoa a se submeter a uma cirurgia de mudança de gênero. Além da caracterização o ator, ainda teve a dificil missão de retratar o psicológico e a descoberta da pintora, legal, né? A atuação ainda rendeu uma indicação ao Oscar de Melhor Ator! O filme estreia dia 11 de Fevereiro aqui no Brasil.

ELLIE FANNING


Não só de papeis de princesa vive a Ellie Fanning! A atriz encarou o desafio de viver Ray, que nasceu mulher e nunca se identificou com o gênero e opta por fazer a cirurgia de transgenitalização. O filme aborda principalmente os conflitos familiares com a mãe, avó e pai de Ray.

CATE BLANCHETT


Porque tão maravilhosa? Com Cate Blanchett não tem tempo ruim e ela encara qualquer papel, inclusive ser uma dos SEIS intérpretes do ícone Bob Dylan no filme 'Não Estou Lá' de 2008, sendo a única mulher do grupo. Pra vocês verem o quão maravilhosa ficou a caracterização, olha a comparação da Cate caracterizada e do Bob Dylan real:

Bob Dylan a esquerda e Cate Blanchett a direta

JOHN TRAVOLTA


Olhando assim até parece óbvio, mas juro que não reconheci o John Travolta quando vi a versão de 2007 de Hairspray. Ele encarou a pepel de Edna, mãe de Tracy (a protagonista do filme). Além do figurino, ele usou algumas próteses pra ficar mais gordinho, além de dançar e cantar muito, tá de parabéns!

MERYL STREEP 


Tá, sério, os outros eram aceitáveis mas isso aqui tá demais pra mim! OLHA A MERYL STREEP, MINHA GENTE! Ela encarnou um Rabino velho e barbudo no seriado Angels in America, em 2003. Não vou nem falar mais nada, vamos pro próximo...

HILARY SWANK


Outra história baseada em fatos reais. Hilary Swank interpretou Brandon Teena, em Boys Don't Cry (1999), outro caso em que a pessoa não se identifica com seu gênero de nascença. A história de Brandon é bem dramática e emocionante, o que rendeu o primeiro Oscar de Melhor Atriz pra Hilary

Melhor que essa aqui não tem, né? hahahaha

Por hoje é só, pessoal! Tem alguma transformação que deixou vocês chocados? Conta pra mim! Beijos e até a próxima! :*

  , , ,
  • Comentários Facebook
  • 2 Comentários Blogger

Publicidade 1