footer social

Big Little Lies: Afinal, a série superou o livro?

Lembram que comentei de Big Little Lies?? A série destruiu no Emmy 2017 e levou 8 prêmios incluindo o de melhor minissérie de drama. O seriado chamou atenção por ser produzida e atuada pelas atrizes Reese Witherspoon e Nicole Kidman, as duas leram o livro 'Pequenas Grandes Mentiras' best-seller da Liane Moriarty e trouxeram para as nossas telas!

Resultado de imagem para big little lies gif

Eu fiz questão de ler a obra original antes de ver o seriado e notei algumas mudanças, umas boas e outras não tanto assim. Quer saber? Vem comigo! E sem spoilers tá?


Big Little Lies fala sobre violência doméstica, traição, estupro e bullying durante seus 6 episódios, cada um com cerca de 50 minutos. Gosto muito do jeito que foi abordado, pois tanto o bullying quanto a violência doméstica eu achei que foram tratados de forma diferente do que normalmente vemos na TV.


Renata da série > Renata do livro

No livro temos capítulos alternados pela visão das protagonistas Celeste, Madeline e Jane. Já na série podemos ver melhor a história de outras famílias como a da Renata e da Bonnie, e ver como os fatos no decorrer da série afetam cada uma, ponto positivo pra o seriado. Outra coisa legal é que na no seriado aparece um pouco do dia-a-dia das crianças e elas são demais! Chloe, eu te venero!!

PISA MENOS CHLOE!!

Outro ponto positivo do seriado com certeza é poder utilizar recursos como trilha sonora e fotografia! A serie, diferente do livro que é na Austrália, se passa na Califórnia com lindos takes com o mar. A trilha sonora, comandada muitas vezes pela Chloe <3, passa Frank Ocean, The Flaming Lips e obviamente por Elvis Presley!


A história de Celeste foi a que menos ocorreram mudanças, sendo bastante parecida com os livros. Já as histórias da Jane e da Madeline foram modificadas, e não acho que no bom sentido. Adicionaram um drama a mais na vida de Madeline que eu sinceramente achei meio desnecessário, fora que o casal Madeline e Ed no livro é muito mais legal e carismático. Já a história de Jane é muito mais interessante do que a que foi mostrada, tendo a série diminuído algumas coisas e exagerado em outras.



No filme podemos ver claramente intrigas e briguinhas entre mulheres que, infelizmente, ainda são bem comuns. O seriado acertou a mão na personagem Renata e na Madeline, apesar de sentir muita falta de algumas falas feministas dela no livro. A amizade entre as protagonistas e o fechamento também dão aquele gostinho de sororidade que a gente gosta!


Ingra, você acha que vai ter segunda temporada? Acho bem desnecessário, só se rolar um suuper roteiro. pra mim, é melhor deixar quieto mesmo!
No fim das contas eu tive a sensação de que o livro me contou a história de uma forma melhor mas que ainda vale a pena assistir sim!

  , , , , , , , , ,
  • Comentários Facebook
  • 2 Comentários Blogger

Publicidade 1